EDITAL | Matérias censuradas em Minas: 2003 aos dias de hoje


Regulamento

Matérias censuradas em Minas: 2003 aos dias de hoje

Chegou a hora daquela matéria censurada ir para o ar

Você se lembra daquela pauta censurada? Aquela que foi derrubada por motivos políticos? Então, O Beltrano vai colocá-la no ar.

Veja aqui o regulamento para seleção das reportagens. Este edital é um projeto de O Beltrano

O Beltrano

O Beltrano é um site de notícias alternativo à mídia tradicional. Nossa proposta é fazer reportagens profundas sobre temas relevantes. Tratamos de política e economia locais, artes e literatura, cultura e política cultural, direitos humanos e das minorias, movimentos sociais, mobilidade urbana e políticas para a cidade.

Somos independentes, mas não isentos. Nos posicionamos e combatemos o conservadorismo e toda espécie de preconceitos.

O Beltrano é um site de notícias colaborativo. Somos um grupo decidido a fazer jornalismo com qualidade e honestidade.

O projeto

O Beltrano disponibilizará microbolsas para produção de reportagens especiais, de acordo com as regras deste edital.

O tema é a censura à imprensa. Todos os projetos de reportagem devem estar diretamente ligados às pautas que foram censuradas na imprensa de Minas Gerais de 2003 até os dias de hoje por ingerência de governantes e a mando político.

O objetivo é incentivar a produção de tais pautas censuradas. E, com isso, dar visibilidade a temas que, por anos, foram proibidos em Minas, combater a censura e contribuir para a liberdade de imprensa.

Portanto este edital se destina a jornalistas com experiência em reportagem.

Inscrições

Os projetos devem ser apresentados por jornalistas com comprovada experiência. Serão contemplados 10 projetos de matérias, que receberão R$ 1 mil (um mil reais) cada para sua produção.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 01 e 15 de junho de 2017, através do envio dos projetos para o email redacao@obeltrano.com.br. Os responsáveis pela proposta receberão a confirmação das suas inscrições por e-mail.

O Beltrano garante o sigilo e se compromete a não divulgar as pautas.

Como se inscrever

Os projetos inscritos devem conter no arquivo enviado todas as seguintes informações:

a) Pequena biografia do proponente, experiência profissional, portfólio ou link para matérias publicadas (os projetos podem ter um ou mais autores)

b) Proposta de pauta. Pesquisa, fontes, pré produção

c) Plano de trabalho completo

d) Contato de referência profissional

Do julgamento

A avaliação será feita pela Comissão Julgadora composta pelos editores do Beltrano, José Antônio Bicalho e Rafael Mendonça; pelo presidente do SJPMG, Kerison Lopes; pelo vice-presidente eleito do SJPMG, Daniel Camargos.

A Comissão Julgadora levará em conta os seguintes critérios:

– Se o proponente foi censurado em seu veículo de origem e é o autor da pauta original censurada;*

– Consistência na pré-apuração;

– Originalidade e relevância da pauta;

– Experiência do repórter e capacidade de realizar reportagens de forma independente;

– Segurança e viabilidade da investigação;

– Recursos e métodos jornalísticos a serem utilizados.

* Não ter sido censurado não exclui o candidato. Mas os jornalistas que foram censurados e desejem concretizar suas pautas terão prioridade.

Da divulgação dos selecionados

Os projetos selecionados serão apresentados no dia 15 de junho de 2017, no site O Beltrano (www.obeltrano.com.br). Os selecionados também receberão uma comunicação por e-mail acompanhada de um termo de compromisso que deve ser assinado e devolvido.

O termo de compromisso não constitui vínculo empregatício. O Beltrano não se responsabiliza por quaisquer questões de saúde, previdência ou impostos por parte dos escolhidos durante a produção do trabalho.

No caso de não arrecadarmos os fundo necessários, as pautas não serão produzidas. 

Do financiamento

Os escolhidos receberão a verba total R$ 1.000 (um mil reais) após a realização da reportagem. O pagamento ao repórter será feito mediante apresentação de nota fiscal.

O prazo de realização da reportagem será definido no momento da assinatura do termo de compromisso com os proponentes das reportagens selecionadas. No caso do projeto não ser concluído no prazo, o vencedor deverá devolver integralmente o valor recebido.

Os premiados farão reunião de planejamento/acompanhamento das reportagens com os editores de O Beltrano regularmente, em datas a serem agendadas. As reuniões poderão ser realizadas remotamente. Na impossibilidade desse contato – viagens para locais distantes por exemplo – serão estabelecidas novas datas.

Caso a pauta apresente risco à segurança do repórter/equipe, serão discutidas soluções em conjunto com os editores de O Beltrano, podendo, inclusive, levar à suspensão da reportagem. O Beltrano desautoriza e não compactuará com quaisquer infrações à lei cometidas pelos repórteres.

O Beltrano editará o conteúdo final das reportagens em contato com o repórter.

As reportagens geradas pelas propostas vencedoras serão publicadas no site ou por outros meios e veículos de O Beltrano.

Os autores cederão ao O Beltrano o direito de uso sobre o conteúdo publicado, que pode ser reproduzido em outros produtos (livro, web, cd etc.). As reportagens serão registradas com licença Creative Commons e, portanto, todas as reportagens poderão ser republicadas livremente por outros veículos sem ferir direitos autorais. A divulgação será planejada em parceria com os autores. 

Para dúvidas ou mais informações: redacao@obeltrano.com.br