Erick Azevedo

Erick Azevedo

A Revolução Russa em quadrinhos

A ideia de quadrinizar um dos relatos mais pungentes e importantes sobre a Revolução Russa, “Os Dez Dias Que Abalaram o Mundo”, do jornalista estadounidense John Reed, se materializa neste trabalho que passa a ser publicado por O Beltrano. Fruto de uma pesquisa que soma ao citado livro vários outros, além de textos analíticos, entrevistas, documentários e centenas de fotografias, desenhos e pinturas.

O resultado dessa pesquisa foi a elaboração de três livros, compreendendo as diferentes etapas da Revolução. A história que aqui se inicia é o primeiro desses trabalhos e trata da Revolução Bolchevique, etapa inicial do que viria a ser conhecido com A Revolução Soviética. Pretende-se narrar de forma direta, através de episódios curtos, os principais momentos da tomada de poder pelos Sovietes e, finalmente, pelo partido Bolchevique.

Com vocês, TODO O PODER AOS SOVIETES!

Boa leitura.

#01

#02

#03

#04

#05

#06

#07

#08

#09


Thais Gualberto

Thaïs Gualberto (Kisuki)

Formada em Arte e Mídia pela UFCG, criou a personagem “Olga, a sexóloga taradóloga” no fim de 2009. Foi uma das fundadoras do Coletivo WC (grupo quadrinistas paraibanos que publicou a revista Sanitário), da Inverna e foi colaboradora do Lady’s Comics. Dá aulas na área desde 2013, quando ministrou “O processo de produção de quadrinhos para não desenhistas” no SESC Ribeirão Preto. Participou de diversas exposições coletivas e teve uma exposição solo na Aliança Francesa de João Pessoa em 2014. Lançou seu quadrinho “Olga, a sexóloga” de forma independente em 2015 e publicou tirinhas nos jornais A União e Folha de S. Paulo. Foi Chefe do Núcleo da Gibiteca da Fundação Espaço Cultural da Paraíba, onde deu aulas, coordenou os projetos Espaço HQ, Tertúlia HQ, Quadrinhos Intuados e foi responsável pela Gibiteca Henfil, fundada em 1990.


Binho Barreto

Binho Barreto

Binho Barreto trabalha em diversas áreas que têm o desenho como interseção. É ilustrador, professor e, desde 1995, atua cotidianamente com o graffiti.


Theo Szczepanski

Theo Szczepanski

Gerado nos laboratórios genéticos do burgo de Curitiba, capital do feudo do Paraná (Zona Livre de Ares Republicanos), ilustrador, autor da HQ A Grande Cruzada, Theo Szczepanski é um cadáver movido a café.


Andrício de Souza

Andrício de Souza

Andrício de Souza é um cartunista brasileiro que faz tirinhas em língua portuguesa.


A Caravela por Nilson

Nilson

O cartunista Nilson  é um mestre dos quadrinhos nacionais. Em sua cinquentenária carreira, já passou por veículos como o Jornal do Brasil, a Folha de São Paulo, o Pasquim, o Estado de Minas, dentre muitos outros. A Caravela é uma série de tiras publicada originalmente nos anos 80, nas páginas do JB. 


Bruno Maron

Bruno Maron

Formado em Design e pós-graduado em animação pela PUC-Rio. Trabalhou nos principais jornais cariocas (O Globo e Jornal do Brasil) como ilustrador e infografista. Atualmente promove oficinas de quadrinhos, escreve roteiros de humor para a televisão e faz quadrinhos, colaborando eventualmente para veículos como a Folha de São Paulo, Le Monde Diplomatique e Vice Brasil.


Jão

Jão

Jão é de Belo Horizonte. Um dos organizadores do Faísca Mercado Gráfico, é também autor de “Baixo Centro” (Miguilim, 2015). As páginas a seguir são um preview de seu novo trabalho, a HQ “Vigilantes”, presentes na edição 0 da revista “Parafuso”.